REPULSA - Crítica e Opinião Política
REPULSA - Crítica e Opnião Política
 
 
 
   
    Temer aciona exército após manifestação promovida pela esquerda  
   
   
    Por Repulsa, J.Rodrigues | 2017-05-24  
   
     
       
    Estava na hora do presidente do Brasil tomar uma providência. É um absurdo que toda a manifestação de esquerda resulte em confronto com a polícia e desrespeito as leis e a ordem.  
   
    A medida foi anunciada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, na tarde desta quarta-feira (24).

O presidente, Michel Temer decretou “ação de garantia da lei e da ordem” com o intuito de coibir e conter ações violentas resultantes da manifestação #OcupaBrasilia, promovida pelos movimentos de esquerda.

O decreto foi publicado em uma edição extra do "Diário Oficial da União" e prevê o emprego das Forças Armadas entre 24 e 31 de maio.

Mesmo com todo o caos instaurado na esplanada dos ministérios, o decreto elevou a tensão no Congresso. Acreditem, partidos de esquerda e até da base aliada, criticaram o decreto assinado por Michel Temer. A sessão chegou a ser suspensa.

"A sensação que tenho há muito tempo, e que foram reforçadas na tarde desta quarta-feira, é que os políticos da esquerda apoiam as manifestações violentas".

A manifestação #OcupaBrasilia foi promovida pelas forças sindicais, movimentos sociais e partidos de esquerda, com o objetivo de exigir a Renúncia de Michel Temer, a convocação de Diretas Já, e a candidatura do maior bandido político do Brasil, Lula.

Informação: G1

 
   
 
   
    Suposta gravação de Lula com Rui Falcão após a delação do Palocci  
   
 
   
    Reforma Política, o novo golpe da esquerda brasileira  
   
 
   
    Caravana de Lula pelo nordeste já é um fracasso  
   
 
   
    STF retira do juiz Moro depoimentos de delatores da JBS contra Lula e Mantega  
   
 
 
 
REPULSA - Crítica e Opinião Política

Todos os direitos reservados © Copyright 2017, a Repulsa Press, Jon Rodrigues. Desenvolvimento e hospedagem web, Jon Rodrigues.